Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

renovação de apelo


 

 

 

"não desisto

 

Esta semana não fiz muito mais do que procurar a Luna, a minha cadela que desapareceu no passado dia 25. A pé, já percorri uns cinquenta quilómetros ou mais. Na verdade perdi a conta. São cerca de doze horas a caminhar todos os dias, embora ontem e hoje não tenha conseguido manter o ritmo dos primeiros dias.
Já conheci várias pessoas que, admito, me revelaram um mundo novo: o daqueles que fazem tudo o que podem por um animal. A S., por exemplo, que encontrei numa das ruas do Porto exactamente à procura da minha cadela, e que me reconheceu pelo canto do olho. Mais ainda, hoje parei para beber umas cervejas num café perto da estação de metro do Viso, onde deixei um cartaz, e os donos prometeram fazer uma busca na zona de Custóias. São apenas exemplos duma solidariedade que eu desconhecia.
A Luna tem cinco cachorros em casa, que serão entregues aos donos prometidos em breve. Têm sido tratados da melhor forma possível por mãos humanas, as minhas e as da Raquel. Vou fazer todos os possíveis para que passem alguns dias com a mãe.
Este post é só para dizer obrigado a toda essa gente, incluindo aqueles a quem não consegui responder nem cheguei a conhecer. Obrigado. Eu não desisto!"

 

por Bagaço Amarelo

tags:
publicado por Sítio dos Cães às 22:06
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2012

feira de natal ajuda animais de rua

publicado por Sítio dos Cães às 19:09
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

salva vidas

"EUA: Cão salva a vida a bebé de nove semanas 

 EUA: Cão salva a vida a bebé de nove semanas

Como agregador de sustentabilidade, o Green Savers fala de vários temas que estão ligados, ainda de que forma ténue, ao desenvolvimento sustentável, inclusão e biodiversidade. Na verdade, e em último caso, todos os temas nos interessam, sejam tendências, notícias do dia, descobertas ou até histórias que nos emocionam.

É o caso desta, que nos dá conta de um cão, nos Estados Unidos, que ajudou a salvar a vida de uma bebé de nove semanas. Sim, leu bem. Segundo a imprensa norte-americana, o animal apercebeu-se de que a menina não estava a respirar e alertou os donos, que assim conseguiram pedir apoio médico atempadamente.

Tudo aconteceu no domingo, quando Duke, adoptado pela família há seis anos, depois de ter sido entregue a um abrigo para animais, saltou para a cama do casal Brousseau em grande agitação, de forma a tentar acordá-los.

“Ele é extremamente obediente, portanto a situação foi muito anormal”. revelou Jenna Brousseau, mãe da pequena Harper, acrescentando que o cão nunca se tinha comportado assim e que de imediato perceberam que algo se passava. Quando chegaram ao quarto da filha, notaram que esta não estava a respirar.

“O meu marido ligou para o número de emergência e a ambulância chegou a tempo. Tudo graças ao Duke, que nos alertou”, salientou a progenitora, revelando que a menina foi reanimada pelos paramédicos e depois transportada para o hospital.

Graças ao alerta dado por Duke, foi possível evitar o pior. “Ele é o cão perfeito. Foi feito para nós”, concluiu a mãe da criança. O melhor amigo do homem, dizemos nós."

 

fonte: greensavers  

 

pode ler a notícia original, com vídeo, aqui

publicado por Sítio dos Cães às 10:06
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Novembro de 2012

ALAAR

(click na imagem para aceder ao site da alaar)

tags:
publicado por Sítio dos Cães às 21:17
link do post | comentar | favorito
|

"cães paralisados recuperam controlo das patas traseiras após transplante de células olfactivas"

 

O Jasper é um “cão-salsicha” (Dachshund) que perdeu o uso das suas patas posteriores há quatro anos. Agora, a seguir a um tratamento a que foi submetido por Robin Franklin, da Universidade de Cambridge, e colegas, Jasper está “sempre a correr pela casa fora”, diz a sua dona, citada no site do Huffington Post United Kingdom.
Os Dachshund têm uma propensão a sofrer lesões graves da coluna vertebral 
 
Os resultados da equipa britânica, que dizem respeito a Jasper e mais 33 cães de estimação que ficaram paralisados na sequência de atropelamentos ou de problemas de costas, foram publicados na revista Brain e constituem a primeira demonstração de que é possível reparar lesões da medula espinal em casos “da vida real”, salientam os cientistas. A maior parte dos cães era raça Dachshund (ou Teckel), que tem propensão a sofrer de problemas da coluna vertebral que se revelam altamente incapacitantes.

O que os cientistas fizeram foi colher certas células da própria mucosa nasal dos cães para realizar um autotransplante – em inglês, são chamadas olfactive ensheathing cells, ou OEC. As OEC não são neurónios, mas células gliais, ou seja, células nervosas que têm em particular como função a sustentação dos tecidos nervosos.

Essas células foram cultivadas no laboratório antes de serem injectadas, no local da lesão, em cerca de dois terços dos animais, enquanto os outros recebiam apenas uma injecção de um líquido neutro.

Como o sistema olfactivo é a única parte do organismo dos mamíferos onde as fibras nervosas continuam a crescer ao longo de toda a vida – e como as OEC são justamente as células nervosas que promovem esse crescimento –, os especialistas suspeitavam há anos, com base em estudos anteriores, de que um transplante destas células ao nível de uma lesão espinal poderia permitir a reconstituir as ligações nervosas que tinham sido seccionadas por um traumatismo. Sabia-se também que um tal procedimento não apresentava riscos para o ser humano, mas a sua eficácia nunca fora testada – e ainda menos comprovada.

Foi isso que agora parece ter finalmente acontecido – no cão. “Os nossos resultados são extremamente excitantes porque mostram, pela primeira vez, que o transplante deste tipo de células para dentro de uma lesão grave da espinal medula pode acarretar uma melhoria significativa”, diz Franklin, citado pela imprensa britânica. E, de facto, isso aconteceu aos cães que tinham recebido as suas próprias células olfactivas, mas não aos que tinham apenas sido tratados com o líquido.

Os animais foram testados, de mês a mês, do ponto de vista da sua função neurológica e do seu desempenho numa passadeira. E os cientistas puderam observar que os animais tratados com as células nasais conseguiam mexer as patas até aí paralisadas, coordenando o movimento de conjunto graças às patas dianteiras. Porém, também constataram que, ao contrário do que acontece naturalmente no nariz, onde a regeneração nervosa promovida pelas OEC consegue manter a comunicação entre o sistema olfactivo e o cérebro (condição sine qua non para a preservação do sentido do olfato), ao nível da espinal medula as ligações nervosas regeneradas eram de curto alcance.

Daí que os cientistas permaneçam muito prudentes quanto à eventual aplicação da técnica aos seres humanos. “Pensamos que a técnica poderia restaurar o movimento pelo menos de forma limitada em doentes humanos com lesões da espinal medula”, acrescenta Franklin, “mas estamos muito longe de poder dizer que esses doentes poderiam vir a recuperar todas as funções perdidas.” Acontece que, juntamente com a perda de mobilidade, estas lesões acarretam também perda da função sexual e do controlo dos esfíncteres. Ora, na actual experiência, embora alguns cães tenham recuperado o controlo da bexiga e dos intestinos, o seu número não foi significativo.Isso não impede Geoffrey Raisman, do University College de Londres e descobridor das OEC, de afirmar que se trata “do mais alentador avanço em anos”.

fonte: Publico online

tags:
publicado por Sítio dos Cães às 01:39
link do post | comentar | favorito
|

Naturea




NATUREA

produto nacional biologicamente adequado

disponível no Sítio dos Cães

entregas gratuitas


contacte-nos
publicado por Sítio dos Cães às 00:52
link do post | comentar | favorito
|

contactos

Image Hosted by imageshack.us

Fotos

Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us

Membro da

Image Hosted by ImageShack.us

Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim

posts recentes

prova prática cão de água...

resultado concurso gatos ...

concurso fotografia - gat...

Caldas da Rainha

"menina de 3 anos é encon...

resultado concurso cachor...

cão à deriva no mar em bl...

novo tipo de alimentação ...

concurso cachorros - foto...

relações

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

subscrever feeds